Quarta-feira, 21 de Março de 2007

A Lei de Murphy nos acampamentos

Hoje decidi deixar-vos qui um pequeno excerto d' "A lei de Murphy nos acampamentos". Foi um texto que encontrei numa das minhas visitas ao site nacional do CNE e o qual penso corresponder na perfeição a grande parte das situações a que estamos sujeitos durante os acampamentos. Aqui fica apenas uma pequena parte:

  • Num acampamento há quatro tipos de pessoas: as que se sentam e não fazem nada; as que falam em ficar sentadas sem fazer nada; as que fazem coisas; e as que falam de fazer coisas.
  • A distância até um determinado ponto permanece constante à medida que se aproxima o pôr do sol.
  • A quantidade de mosquitos num determinado ponto é inversamente proporcional à quantidade de repelente que temos.
  • A temperatura ambiente é sempre inversamente proporcional à quantidade de agasalhos que trazemos.
  • A quantidade de estacas que temos é sempre igual a N-1, onde N é o número necessário para segurar a tenda.
  •  Os fósforos têm a misteriosa capacidade de se molharem sem estar próximos da água.
  • Chove sempre do lado da tenda onde dormes.
  • Durante a inspecção, é sempre do teu lado que são encontrados restos de bolachas, mesmo que detestes bolachas.
  • Nas caminhadas, todos os galhos de arbustos estão sempre à altura do teu rosto ou abaixo do teu cinto.
  • Toda a comida adquire um gosto estranho e uniforme. Sem falar na textura...
  • Um atalho é sempre a distância mais longa entre dois pontos.
  •  Só sabe a profundidade da poça quem cai nela.
  • Não importa para onde é a tua caminhada; é sempre encosta acima e contra o vento.
  •  Sorri! Amanhã será pior.
  • Os Lobitos são incríveis. Em geral, eles repetem palavra por palavra aquilo que tu não deverias ter dito.
  • O material do acampamento é danificado na proporção directa do seu valor
  • Se consegues manter a cabeça fria enquanto à tua volta todos perdem a deles, provavelmente é porque tu não entendes a gravidade da situação.
  • Um uniforme limpo atrai sempre o molho mais delicioso.
  • Sempre que decides fazer algo, há sempre outra coisa para fazer antes.
  • Se o arroz do almoço não queimou no fundo da panela, não batas palmas! O jantar será cozinhado sem sal.
  •  Quando um chefe que muito admiras e respeitas, parecer estar a pensar profundamente, é provável que esteja apenas a pensar no almoço.

 

posted by joaninha às 17:11
link do post | comentar | favorito
2 comentários:
De TurgonPT a 21 de Março de 2007 às 22:35
dos melhores posts que vi até aqui no blog.
tenho de ver o resto
De Nuno Valente a 24 de Março de 2007 às 03:44
Isto nem sempre é verdade ou pelo menos a Lei de Murphy diz isso mesmo... "As variáveis variam menos que as constantes." Edward A. Murphy )

Comentar post

Quem somos

Procure...e encontre

 

Abril 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

Pegadas Passadas

Os pequenos prazeres da v...

Regresso...

A palavra aos pioneiros

Para não deixar morrer

Renascimento do Blog - Ac...

Promessas 2007

Resultados

Talitha Kum

Rescaldo do Jantar Convív...

Convívio

Relíquias do Agrupamento

Abril 2008

Março 2008

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Links à maneira

Nº de Visitas

Comenta este blog

Livro de Visitas

Musicas Escutas

Contacto

se nos quiserem contactar para dar opiniões sobre o blog, para actividades conjuntas, etc... geral(at)agr1053(dot)cne-escutismo(dot)pt