Terça-feira, 27 de Março de 2007

Carnaval em movimento (parte II)

Tal como prometido à umas horas atrás aqui fica o relato da ARCa (Actividade Regional de Caminheiros), na qual eu (Bruno ), o João, o Nuno e a Magda participámos e que nos deixou bastantes saudades, e visto ter sido o primeiro regional da IVª em que participávamos ficámos sem dúvida com o bichinho de p'ra o ano podermos repetir a experiência e de nos voltarmos a divertir à grande e sair de lá muitos mais ricos em termos de conhecimentos...

"Esta foi mais uma actividade realizada pelos ilustres caminheiros da digníssima região de Portalegre e Castelo Branco e teve lugar entre os dias 17 e 20 de Fevereiro, este ano com mais adesão que em anos anteriores.
Foi, assim, altura de rever antigas caras, conhecer outras novas...sim!!! porque com muita alegria a IV conta agora com uma nova geração de caminheiros. Pois bem, e como não podia deixar de ser, fomos presenteados com muitas surpresas, inclusive o local onde iríamos ficar alojados durante a actividade.
A ARCa teve início em Castelo Branco, na estação da CP; a partir daí a viagem foi de comboio e depois de autocarro até Penamacor, acolhedora vila, onde passámos o fim-de-semana. Ao chegarmos foram-nos entregues algumas folhas que a pouco e pouco construíram um livro que revelava a história de um cavaleiro muito especial e cuja vida tematizou esta actividade - "Descobre o teu EU verdadeiro".
Já durante a tarde tivemos o prazer de nos dirigir à biblioteca de Penamacor afim de realizar algumas actividades com as crianças "lá do sítio": máscaras, fantoches, swings, pinturas e outros ateliers...uma experiência bem engraçada! Mais à noitinha visitamos ainda uma exposição de caricaturas e o museu da vila, local onde pudemos ver alguns artefactos bem curiosos.
Já no domingo, e depois da Eucaristia e do almoço, realizámos um hike em direcção a parte incerta e ao fim de várias horas lá acabámos por chegar a uma modesta e pacata aldeia de nome Aranhas e onde fomos alojados na casa de alguém deveras particular na região (um tal de "Ferrão").
Até terça-feira tivemos ainda oportunidade de aprender algumas lides rurais cuja ciência é já bem antiga, tais como fazer pão, queijo com leite de cabra e ovelha e ainda visitar um tear no qual tivemos uma óptima ilustração do funcionamento daquele engenho. Mais? Só mesmo estando lá!
A pouco e pouco foi chegando a hora da despedida. P’ró ano decerto que nos encontraremos novamente, com mais conhecimentos, brincadeiras, diversão e não só… para partilhar!
Ficam as boas recordações!
 
Ah, quase já me esquecia...fomos a honra de ter connosco uma equipa de caminheiros do clã Luís Vaz de Camões do Agrupamento 581 de Santo André (região de Beja), os quais eram bem divertidos e dos quais não nos esqueceremos! Muitas saudades e voltem sempre!"
mais informações e fotos aqui
posted by Rover_dedicado às 13:31
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 26 de Março de 2007

Carnaval em movimento (parte I)

O agrupamento 1053 de Alferrarede aproveitou as últimas férias de Carnaval para efectuar mais uma actividade de agrupamento, "exportando" simultaneamente os seus caminheiros para o regional da secção...

 

... e finalmente os relatórios de ambas as actividades chegaram ao agrupamento e, consequentemente, chegam também à blogosfera...

Neste post e no próximo deixamo-vos com os relatos de ambas as actividades feitos pela Magda (ARCa) e pelo Flávio (Acampamento no Codes)...

E para os pioneiros não dizerem que aqui no blog nunca ninguém lhes dá atenção começamos por eles...

"No dia 17 Fevereiro de 2007, partiram da nossa sede em direcção à Ponte de Codes vários elementos da I, II e III secções do Agrupamento 1053 de Alferrarede. Foi uma actividade pensada principalmente para os jovens lobitos e exploradores, sendo que os pioneiros foram com os 2 chefes e um CIL com o propósito de ajudar na preparação e realização da actividade, uma vez que os caminheiros estavam no ARCa, a algumas dezenas de quilómetros de distância.

Partimos da nossa sede às 9h00m, em direcção à Ponte de Codes, e logo aí começaram os percalços - alguns elementos perderam-se pelo caminho, tendo sido necessária a ajuda do telemóvel para as correctas indicações. Depois de todos os elementos terem chegado ao destino, tratou-se de arranjar o campo. Estava previsto ser um acampamento, nos terrenos da avó de um nosso elemento (por acaso, eu), mas o mau tempo (ou a ameaça dele) levou-nos a optar por realizar antes um acantonamento, na casa emprestada. Já instalados, começámos então as actividades.

Enquanto que os exploradores fizeram um raid até Santiago de Montalegre, acompanhados pelo João Valente, o CIL que mencionámos acima (não posso falar muito sobre esta actividade, pois não a acompanhei de perto, visto estar a acompanhar os lobitos). Parti à frente com o objectivo de fazer os sinais de pista para a I, até à casa rural de uma chefe nossa, a Chefe Lena, que não estava presente nesta actividade. Lá, as outras pioneiras presentes, a Raquel e a Jennifer, ensinaram os Lobitos a fazerem os Scooby-doos, bonecos feitos com fios de lãs, usados normalmente como porta-chaves. Ao iniciarmos o caminho de volta até ao campo, começou o mau tempo previsto, razão pela qual fomos obrigados a esperar na casa até que o João viesse ao salvamento. De volta ao campo, almoçámos e os lobitos viram o filme “O Livro da Selva”, enquanto os exploradores visitavam as piscinas fluviais do Penedo Furado.

Regressando todos ao campo, lanchámos e fizemos alguns jogos para os Lobitos, como por exemplo o jogo do lenço. Entretanto, os exploradores estavam refastelados nos sofás fazendo algumas construções. Nós pioneiros íamos supervisionando as duas secções, enquanto os chefes iam tratando do jantar. A seguir ao jantar preparámos uma pequena actividade nocturna para ambas as secções. Enquanto os exploradores iam até ao miradouro do Penedo Furado, os Lobitos caminharam até um local perto das piscinas fluviais onde responderam a algumas perguntas sobre o filme que tinham visto nessa tarde. Finda a actividade foi só voltar a campo e dormir.

No dia seguinte de manhã, depois do pequeno-almoço as actividades foram bastante diferentes para a I e para a II Secção. Enquanto que os Lobitos foram aprender alguns nós, assim como algumas construções simples, os Exploradores foram explorar às piscinas do Penedo Furado. Já depois do almoço, eu e o João Valente decidimos dar um “presente” aos Exploradores: em vez de irem para as piscinas do Penedo Furado pela estrada alcatroada, foram ao longo do curso do rio, através de muito calhau e mato. Assim, enquanto os Exploradores se debatiam com o caminho que tinham a seguir, os Lobitos foram, por sua vez, visitar o miradouro do Penedo Furado, onde fizeram algumas actividades e jogos. Ao final da tarde regressamos ao campo, onde descansámos um bocado ainda antes do Jantar. Depois de termos jantado fomos todos para o recinto do Fogo de Conselho.

Como é hábito, o Fogo de Conselho serviu para uma crítica construtiva ao que se passou durante a actividade. Foi muito aplaudida a peça dos Exploradores, onde obrigaram alguns pais e familiares que assistiam ao Fogo de Conselho a ultrapassar alguns obstáculos atados uns aos outros com uma corda. Findo o Fogo de Conselho, estava na hora do silêncio e do repouso.

Na manhã do último dia foi a azáfama do costume: arrumar as coisas, arrumar a casa, etc, o que nos ocupou a manhã toda. A seguir ao almoço, partimos então para a sede, onde nos despedimos até a próxima actividade."

posted by Rover_dedicado às 20:15
link do post | comentar | favorito
Domingo, 25 de Março de 2007

Informação p'ra a IIª Secção

Serve este post para avisar todos os exploradores de Alferrarede (em especial os que não puderam estar presentes ontem na sede...) que no próximo fim-de-semana, e ao contrário do que estava previamente pensado e planeado, já não iremos ao Regional do Explorador, por diversos motivos importantes que já foram explicados aos presentes ontem (pessoalmente não sei quais são, logo não posso esclarecer mais...).

Contudo, realizar-se-á no mesmo período um acampamento no Parque de Campismo da Ortiga (este local ainda não é uma certeza, apenas uma data bastante provável...) para a IIª Secção do nosso agrupamento. Pede-se então a todos quantos ainda não confirmaram a sua ida à actividade o favor de contactarem o mais depressa possível a chefe Lena afim de poderem participar.

posted by Rover_dedicado às 20:04
link do post | comentar | favorito

Mr. Cusquices

Hoje, dia em que muda a hora e que por mero acaso é domingo (embora p'ra a maioria dos jovens ainda seja sábado à noite), o Repórter Cusco decidiu irromper pelo blog do agrupamento 1053 "adentro" e deixar aqui algumas das fotos mais caricatas e animadas que já alguma vez se viram naquele agrupamento.

Como é óbvio as fotos retratam aqueles momentos mais inesperados em que um flash dispara e apanha totalmente de surpresa os escuteiros... e são essas as fotos que mais prazer e riso despertam em todos (pronto, excepto naqueles que foram apanhados ).

Espero que se divirtam tanto a vê-las como eu a postá-las

E continuem a passar por cá, porque prometo voltar, e talvez da próxima vez traga também umas quantas histórias e frases engraçadas que marcam qualquer actividade e que ficam na memória de todos quantos nela tomaram parte...

 

...ah, e mantenham-se atentos porque nunca se sabe quando uma máquina pode disparar ou eu estar por lá p'ra saber das fofoquices 

 

posted by Repórter Cusco às 02:23
link do post | comentar | favorito
Sábado, 24 de Março de 2007

As actividades não param...

"O voluntário é quem presta, no seu tempo livre, serviços não remunerados numa organização promotora, de forma livre, desinteressada e responsável"

 

Dia 24 de Março...sábado...mais umas quantas actividades para todos os escuteiros de Alferrarede...

O dia começou bem cedo para os pioneiros (por volta das 8horas da manhã) quando foram receber a Cruz do Dia Jovem (realizar-se-á no próximo fim-de-semana nesta região), a qual vinha do Pego e seguia em direcção a Abrantes; todos os agrupamentos da zona foram convidados a acompanhar o percurso desde o Rossio e no caso do nosso agrupamento a escolha para nos representarem recaiu sobre a IIIª Secção (visto a IIª já ter actividades previamente marcadas e os caminheiros não poderem de todo estar presentes a essa hora). Em contrapartida desta "representação madrugadora" os pios não tiveram a habitual actividade vespertina dos sábados - a modos que uma folga merecida .

Pouco depois chegavam os exploradores à sede para mais um dia inteiro de actividades, tendo sempre como principal objectivo e meta a alcançar uma boa preparação para o Regional do próximo fim-de-semana (finalizaram a construção da catapulta que têm de levar, arrumaram o material necessário, limparam as tendas, etc) e ainda tiveram tempo para uns quantos jogos, divertimentos e animações.

 

À hora normal de actividade (às 15horas) chegaram à sede os lobitos e os caminheiros, embora dos primeiros pouco se sabe (assume-se a ignorância, mas o trabalho de secção não permitiu visualizar o que os lobitinhos fizeram ). Por sua vez, os caminheiros começaram hoje um novo projecto de fundo, o qualespera-se que culmine com a remodelação total da Base, graças a acções de arrumação, remodelação e reorganização do espaço: agora que já se tem um projecto semi-pensado, alguns dos materiais necessários e o mais importante - força de vontade e de trabalho... (é só esperar que o tempo passe)... para o mais tardar no início do próximo ano escuta a Base esteja irreconhecivelmente melhor, mais gira e alegre .

Hoje com as 5 badaladas do relógio tive mesmo de vir embora (infelizmente os testes apertam nesta altura em que a maioria dos jovens começa as férias...) e não sei o que se passou depois dessa hora, prevendo contudo que tenha finalizado logo de seguida as actividades de todas as secções.

(mesmo a sair da sede ainda tive tempo p'ra tirar uma foto ao encerramento oficial do dia de actividades dos exploradores...)

posted by Rover_dedicado às 18:27
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 23 de Março de 2007

A Promessa escutista

O projecto escutista representa uma oportunidade de influenciar o desenvolvimento dos jovens e uma oportunidade que se tem usado muitas vezes para moldar os valores que hão-de guiar-nos enquanto adultos. Hoje em dia o escutismo é uma vasta organização que se dedica a promover a fraternidade entre a juventude de todo o mundo. Baden Powell idealizou o escutismo como um domínio que prepara os jovens para as provações do mundo adulto.

 

Lei do Escuta

A honra do ESCUTA inspira confiança;

O ESCUTA é leal;

O ESCUTA é útil e pratica diariamente uma Boa-Acção;

O ESCUTA é amigo de todos e irmão de todos os outros ESCUTAS;

O ESCUTA é delicado e respeitador;

O ESCUTA protege as plantas e os animais;

O ESCUTA é obediente;

O ESCUTA tem sempre boa disposição de espírito;

O ESCUTA é sóbrio, económico e respeitador do bem alheio;

O ESCUTA é puro nos pensamentos, nas palavras e nas acções.

 

 Na nossa promessa jurámos ser fiel a Deus e à Pátria e obedecer à lei do escuta. Na verdade, estar em permanente cumprimento da nossa lei é muito difícil e exige bastante de cada escuteiro. Mas o mais importante é que o mesmo se esforce por cumpri-la, que se arrependa no caso de não a cumprir e que aprenda com os seus erros. Pois como homens e mulheres que somos temos direito a errar, mas temos também o dever de corrigir os nossos erros e de aprender com eles.

Diariamente somos chamados a servir o mundo, uma árdua tarefa, que por vezes era mais fácil ignorá-la, contudo não é esse o nosso papel. Nós escuteiros de Portugal e de Deus devemos estar sempre “Alerta para servir” e guiarmo-nos sempre pela nossa lei e pelo amor de Deus.

Assim, convido todos os escuteiros a reflectirem sobre as suas acções….

 

 

posted by rapoxa às 22:13
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 22 de Março de 2007

Imaginário da IIª

Tal como prometi há uns dias atrás aqui fica o imaginário da Patrula Falcão feito no acantonamento da semana passada...

"O António é um rapaz, igual a tantos outros, que resolveu fabricar uma canoa à mão. Num certo dia quando estava a percorrer o rio Tejo foi apanhado pela corrente do rio e afastou-se da sua aldeia.

Três dias passaram sem comer nem beber, mas ao terceiro dia foi levado pela corrente para dentro de uma gruta, na qual havia mesas e cadeiras de pedras fabricadas com rochas da gruta.

No fundo da gruta encontrou uma pequena cascata de água cristalina; entre a cascata havia uma entrada. Lá dentro existia um santuário esculpido na pedra, ele rezou a Deus para que lhe desse comer. Mal acabou de rezar ouviu um “plouf” vindo da cascata. Chagando lá reparou num brilho intenso verde e transparente que lhe tocava no coração. Ao chegar-se a esse brilho reparou que era uma esmeralda, a qual apanhou.

Por trás da cascata havia uma escada esculpida na pedra que levava ao topo da gruta; ao chegar lá os seus olhos ficaram encadeados pela luz tão intensa. Essa luminosidade vinha de uma esmeralda do tamanho de duas pessoas adultas, tendo o António observado que ela estava partida de um dos lados; reparou, também, que o pedaço da esmeralda que achara na cascata encaixava na perfeição no bocado partido da esmeralda grande.

Mal o António colocou o pedaço de esmeralda no respectivo lugar o tecto por cima dele começou a abrir-se e ele viu Deus, que lhe disse:

- Vou conceder-te duas visões"

(…)

 

Aqui fica o imaginário que será um dos 2 candidatos a ser utilizado no próximo acampamento de exploradores...

 

(o outro surgirá dentro em breve...)

posted by Rover_dedicado às 23:08
link do post | comentar | favorito

Quem somos

Procure...e encontre

 

Abril 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

Pegadas Passadas

Os pequenos prazeres da v...

Regresso...

A palavra aos pioneiros

Para não deixar morrer

Renascimento do Blog - Ac...

Promessas 2007

Resultados

Talitha Kum

Rescaldo do Jantar Convív...

Convívio

Relíquias do Agrupamento

Abril 2008

Março 2008

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Links à maneira

Comenta este blog

Livro de Visitas

Contacto

se nos quiserem contactar para dar opiniões sobre o blog, para actividades conjuntas, etc... geral(at)agr1053(dot)cne-escutismo(dot)pt